Todos os Gastos no meu No Spend Month | Dinheiro & Finanças | Time for Primping

Como já sabem, em Maio decidi fazer um No Spend Month. Como é óbvio gastei dinheiro ao longo do mês. Seria impossível não o fazer. Uma pessoa tem contas para pagar. E também precisa de comer.

Todos os Gastos durante o No Spend Month

Já há algum tempo que andava a pensar em fazer um “No Spend Month”, mas até Março tive imensos gastos, em Abril quis gastar algum dinheiro em mim e não me sentir culpada. Por isso deixei este desafio para Maio. 

Eu ando a tentar criar o meu Fundo De Emergência mas para além disso quero juntar para umas férias grandes e nas quais não tenha que me preocupar com o dinheiro. Para já o objectivo é Grécia e muitas das suas ilhas. Não são umas férias muito baratas. Assim, sempre que penso nalguma coisa que quero comprar penso no quanto é que vou conseguir ter de lado para estas férias. A vontade de gastar desaparecia sempre.

Antes de mais vou dizer-vos as coisas que me autorizei a gastar dinheiro. Só os essenciais: contas de casa, telemóvel, alimentação (em casa), gasóleo, portagens e estacionamento.

Semana 1: 1-7 Maio

O primeiro ponto da semana era abastecer o carro e comprar fruta e legumes para a semana. Eu praticamente todas as semanas vou ao supermercado para comprar fruta e legumes, porque os meus lanches são à volta de fruta e gosto de comer legumes frescos, se não a todas, a quase todas as refeições. Assim, não sou daquelas pessoas que só vai uma vez ao supermercado por mês. As mercearias perto de minha casa nem sempre têm fruta com bom aspecto pelo que já me mentalizei que sou cliente regular do Continente. Sim, eu sei que não é o mais barato mas é o que é mais perto de minha casa.

Já na sexta-feira um boss nosso que ainda não tínhamos conhecido veio a Gaia. Fizemos uma apresentação das coisas que andamos a fazer e no final fomos almoçar. Teria sido fácil não gastar este dinheiro, mas os benefícios de almoçar fora eram maiores do que poupar 5€. Mesmo no meio da austeridade, há coisas que são necessárias, só temos que ponderar bem. +5€

Gastos supérfluos da semana 1: + 5€

Todos os Gastos no meu No Spend Month (semana 1) | Dinheiro & Finanças | Time for Primping

Semana 2: 8-14 Maio

Nesta semana foi quando caiu a mensalidade do meu Adobe Creative Cloud e o carregamento do meu telemóvel. Ambas coisas que não considero como supérfluas pelo que também não contam. Assim como mais uma ida ao supermercado. Eu vou todas as semanas ao supermercado porque normalmente preciso de fruta e legumes porque eu tendo a não comprar demasiado de cada vez porque são coisas que estragam depressa. Podia ir a uma mercearia, só que normalmente  não gosto do aspecto da comida e não tenho tempo de manhã para ir ao mercado.

Como em Abril completei o PIIT28 juntamente com o desafio de Instagram, ganhei o top de conclusão do desafio. Apesar do top ser de oferta, ainda tive que pagar os custos de envio. Outro gasto que também não me importei nada porque tive bem trabalho a completar o desafio. +4,60€

Aos Domingos normalmente abasteço o carro porque aproveito de no caminho de volta para Póvoa (de Varzim) passar num Jumbo para poupar uns trocos em combustível.

Gastos supérfluos da semana 2: + 4,60€

Semana 3: 15-21 Maio

Nesta semana os meus gastos foram no supermercado e no combustível, que são os meus gastos permitidos. Também vos posso contar que os gelados estavam em promoção no supermercado, pelo que também me trato bem 😉

Nesta semana também fui jantar fora ao italiano mas não fui eu que paguei, por isso, o saldo foi zero!

Tinha-me esquecido que tinha uma subscrição relacionada com o blogue ainda activa, pelo que gastei dinheiro que não estava à espera. E eu que tanto me orgulho de não ter dinheiro a sair estupidamente da minha conta. Sem dúvida tenho que cancelar isto. + 26,87 €

No Domingo estava demasiado bom tempo pelo que fui mais cedo para a Póvoa e ainda fui à praia. Como não tinha tido tempo de preparar nada para lanche, acabei por ir comer um Magnum Sandwich. +1,50€

Gastos supérfluos da semana 3: + 28,37€

Semana 4: 22-28 Maio

Nesta semana foi quando caiu a mensalidade da minha Internet. Eu tenho um pacote de Internet fibra e telefone fixo com a MEO. Eu não tenho o telefone fixo porque deixou de ser oferta. A única coisa que eu queria mesmo era a Net. É uma excelente dica para quem queira poupar. Eu raramente ligo a minha televisão, e quando ligo é porque estou a passar um filme da minha pen na televisão. Seria um desperdício para mim estar a pagar uma série de canais que não vejo. As minhas televisões são LCD’s pelo que tenho acesso aos 7 canais gratuitos.

O boss voltou a Gaia, por isso planeamos ir todos almoçar fora outra vez. Ele acabou por não chegar a tempo de almoço, pelo que nós fomos à Pizza Hut. Já não comia pizza há imenso tempo. + 7,25€

Desde o início do mês que tinha andado a tentar doar para o Pencils of Promise. Estava a tentar investir mensalmente através do PASSPORT, mas como não tenho um cartão de crédito não estava a conseguir fazê-lo. Normalmente não tenho problemas com o meu cartão de crédito virtual do MBNet, mas este tipo de pagamento devia estar a requerer passar por dois comerciantes pelo que o cartão virtual não estava a funcionar. Assim, decidi que ia fazer one-time donation. O resultado foi praticamente o mesmo. Só não tenho é accionado a doação mensal automática. No entanto, não vou adicionar esta despesa aos gastos supérfluos porque era uma coisa que eu queria começar a fazer. Conhecem alguma boa associação em Portugal?

Gastos supérfluos da semana 4: + 7,25€

Todos os Gastos no meu No Spend Month (semana 4) | Dinheiro & Finanças | Time for Primping

Semana 5: 29-31 Maio

Na terça, a Wook estava com 20% de desconto, e a minha mãe já me andava a chatear há um pedaço de tempo para comprar o guia de Viena. Então aproveitei esta promoção e comprei mais outro livro. Como os guias não costumam ter muito desconto em qualquer altura, preferi comprá-lo mesmo sendo o meu No Spend Month. Também porque consegui poupar tanto que não me senti mal em fazê-lo. + 18,80€

Gastos supérfluos da semana 4: + 18,80€


Gastos não essenciais de Maio: 64,02€

Aquela subscrição foi um tiro no meu desafio que não tinha previsto. Não foi um mau gasto porque me permitiu aceder à plataforma por mais um mês e aprender coisas novas. No entanto não estava a contar com ela.

A parte chata era aquela de não posso gastar porque se o fizer me vou desiludir. E parecia que sempre que gastava dinheiro era uma facada que me dava. Quem me dera ter assim uma reacção dão grande a outras coisas para me manter na linha. Eu adoro dinheiro. Adoro ter dinheiro no banco poupado. Mas também adoro gastar dinheiro. Adoro puder comprar as coisas que me dão prazer e não me sentir mal sempre que me convidam para sair porque não quero gastar dinheiro. Para não me proibir de ir ao café com as minhas amigas, acabei por ir ao café com elas mas não consumir. Tendo tomado a minha dose de cafeína em casa estava bem para umas horas de paleio sem consumir.

No total, não foi muito difícil de completar este desafio. Mas quando o voltar a fazer será mais num mês de Inverno, no qual a vontade de sair é muito mais pequena. Uma parte que não fiquei muito feliz também foi na quantidade de dinheiro a mais que gastei no supermercado, do que era costume. Não estava à espera que essa diferença fosse muito notável. 

Se gostam de ler sobre dinheiro e poupança, leiam também o post:

Desafio: 52 Semanas €€€

Já alguma vez tentaram fazer um desafio destes? Têm objectivos financeiros definidos?

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *